Home Campeonato Catarinense Atlético Catarinense busca empate no fim, em Caçador

Atlético Catarinense busca empate no fim, em Caçador

Clube Josefense empata em 2 a 2 com equipe local

por Matheus Deichmann
0

Em mais uma partida com roteiro semelhante as últimas, o Atlético Catarinense empatou em 2 a 2 com o Caçador, no Estádio Carlos Alberto Costa Neves, em Caçador. O duelo, válido pela quarta rodada do Catarinense Série B, foi disputado na tarde dessa quinta-feira (15).

O time visitante perdia até os 46 minutos da etapa final, quando Tiago Dacás igualou o marcador. Até então, o Caçador vencia por 2 a 1, de virada. Alex Bruno abriu o placar para o Atlético Catarinense, enquanto Dill e Danthy haviam colocado os donos da casa em vantagem.

Com o resultado, a Águia Josefense segue sem vencer nas quatro primeiras rodadas da segundona, com três empates e uma derrota. O time ocupa a sétima posição na tabela, com 3 pontos. O Tricolor do Contestado também ainda não venceu na competição. O clube vem logo atrás, no oitavo lugar, com apenas 2 pontos em 12 disputados.

Na próxima rodada, o Atlético vai à Itajaí, para enfrentar o Barra, segunda-feira (19), às 15h, enquanto o Caçador recebe o Carlos Renaux, no domingo (18), às 15h.

OS GOLS

Em contra-ataque rápido da equipe visitante, Ramiro lançou do meio de campo para Soares, que deixou o marcador na saudade, mas parou no goleiro Rico, que afastou parcialmente. Na sobra, Alex Bruno pegou de primeira e marcou o primeiro da partida, para o Atlético, aos 16 da primeira etapa.

Já na etapa final, em jogada trabalhada do Caçador, aos 9 do segundo tempo, Dill invadiu a área e sofreu um carrinho desproporcional do zagueiro João Consolaro, do Atlético. O juiz assinalou o pênalti. O mesmo Dill pegou a bola e cobrou no canto inferior esquerdo, sem chances para o goleiro, para empatar a partida.

A virada veio aos 20 minutos. Após cobrança de escanteio e um bate e rebate clássico na área, a bola ficou para Danthy virar a partida. Os jogadores do Atlético reclamaram muito de uma possível falta de Vinicius, camisa 8 do Caçador, em Baiano, número 3 do Atlético, mas o juiz assinalou lance legal.

Já no apagar das luzes, Daniel, do Caçador, fez falta violenta em Consolaro, próximo à linha divisória do gramado. Ramiro cobrou em direção a área e Tiago Dacás, de cabeça, empatou novamente a partida, aos 46 da segunda etapa. O gol garantiu o pontinho ao Atlético, que segue sem vencer na segundona.

L3 design/Comunicação CAC