Home Basquete Basquete 3×3 passa a fazer parte do programa de Alto Rendimentos das Forças Armadas

Basquete 3×3 passa a fazer parte do programa de Alto Rendimentos das Forças Armadas

Conhecido como basquete de rua, o basquete 3×3 alem de ser reconhecido como Esporte Olímpico. Agora também faz parte do protejo das Forças Armadas Brasileira.

por Marcelli Silva
0

Prestes a fazer sua estreia em Jogos Olímpicos, o basquete 3×3 decolou de vez no Brasil. Nesta semana, a modalidade passou a fazer parte do Programa de Alto Rendimento (PAAR), através da Secretaria Nacional de Esportes de Alto Rendimento (Snear), com incorporação às fileiras da Força Aérea Brasileira, e os atletas passarão a ser Terceiro Sargentos da Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), em parceria entre Ministério da Defesa e Ministério da Cidadania.

O primeiro reconhecimento do basquete 3×3  foi se tornar esporte olímpico. E está prestes a  estrear, agora em Tóquio 2020, como modalidade. Agora, esse reconhecimento do 3×3 nos programas de alto rendimento das Forças Armadas do Brasil, através da Força Aérea Brasileira, corrobora com essa força que o esporte vem ganhando no Brasil.” É uma vitória muito importante para atletas, técnicos e toda a comunidade”, explica Francisco Oliveira, Gerente do Departamento Desenvolvimento do 3×3 na Confederação Brasileira de Basketball.

O basquete 3×3 brasileiro masculino,  irá disputar o Pré-Olímpico em busca de uma vaga em Tóquio 2020. A competição acontece em maio, na Áustria, e o Brasil vai em busca de uma das três vagas no Japão.

Foto: Assessoria CBC