Home Futebol Com desejo de superar derrota, Marcílio Dias enfrenta o Esportivo (RS) em Itajaí

Com desejo de superar derrota, Marcílio Dias enfrenta o Esportivo (RS) em Itajaí

Em confronto direto, Marinheiro entra em campo na briga pelo G4 diante da equipe gaúcha

por Luiz Mendes
0

Depois de ser superado pelo Juventus em um jogo totalmente apático, o Clube Náutico Marcílio Dias ente em campo no próximo sábado (10), na busca de tentar reverter a má atuação contra o adversário catarinense. Pela sexta rodada da Série D Campeonato Brasileiro, o Marinheiro enfrenta o Esportivo (RS), no Gigantão das Avenidas, a casa do Rubro-Anil em Itajaí. A bola rola a partir das 15h.

No momento, o Marcílio Dias é o sexto colocado do Grupo A8 com cinco pontos em cinco jogos. Ao todo, a equipe de Itajaí soma uma vitória, dois empates e duas derrotas. Com a derrota na última rodada, o Marinheiro chegou a perder a quinta colocação para o próprio Juventus. Se vencer a equipe gaúcha no próximo compromisso, o time do Vale chega aos oito pontos e alcança posição no G4, mas para isso, precisa torcer para que o Moleque Travesso não saia do empate diante do Cascavel (PR).

Já o Esportivo, é o quarto colocado com seis pontos. Ao todo, a equipe gaúcha coleciona uma vitória, três empates e uma derrota. Se vencer o Marcílio Dias por mais de dois gols, o Alviazul chega aos nove pontos e pode até sonhar com uma possível vice-liderança, mas para isso, precisa contar com os tropeços de Caxias (RS) e Joinville.

Confira a tabela de classificação do Grupo A8 atualizada

Teco projeta melhorias no Marcílio Dias

Nas últimas competições, o Marcílio Dias foi caracterizado por ter uma defesa consistente e que não sofria muitos gols, mas na Série D do Brasileiro, a equipe não vem mantendo o mesmo retrospecto e, em cinco duelos disputados, já sofreu oito gols. Em entrevista coletiva na sala de imprensa do estádio Doutro Hercílio Luz, na tarde da última quinta-feira (8), o técnico Teco comentou sobre o que precisa ser feito para que esse cenário mude.

“Precisamos voltar a ter esse equilíbrio defensivo. Estamos trabalhando muito durante essa semana para que a defesa tenha total confiança, mas precisamos entender que a nossa marcação inicia no ataque. Os atacantes e jogadores do meio do campo precisam dar suporte para a zona defensiva, para que possamos evitar sofrer gols e consequentemente sair com as vitórias”, destaca Teco.

Em entrevista coletiva, treinador projeta melhorias no Marcílio Dias diante do Esportivo (RS)

Em relação ao ataque, o Rubro-Anil também não tem sido efetivo quando o assunto é colocar a bola na rede. Nos últimos quatro jogos, a equipe marcou três vezes e, duas delas, foram com gols do volante Julinho. E,m entrevista, Teco comentou sobre esse retrospecto do clube e quais são as melhorias que podem ajudar a equipe a balanças as redes.

“Sabemos que a nossa criação precisa fazer com que a bola chegue na zona ofensiva. Precisamos chegar no último terço do campo e, de forma eficiente, ter boas finalizações na meta adversária. Além disso, precisamos aproveitar as oportunidade que aparecem, para que possamos concluir em gol e, consequentemente, conquistar as vitórias que é o que mais necessitamos”, ressalta o treinador da equipe.

Expectativas para o próximo duelo

O Marinheiro não sabe o que e vencer a dois jogos e, agora, jogando em Itajaí, a equipe tem a oportunidade de voltar a conquistar os três pontos e ocupar um melhor lugar na tabela de classificação. Teco comentou que as expectativas para a próxima partida são as melhores possíveis e que todos estão muito esperançosos.

“O jogo contra o Esportivo é um confronto direto, uma partida denominada de seis pontos. Estaremos jogando dentro da nossa casa e precisamos impor o nosso ritmo de jogo, mas além disso, precisamos ter organização e consciência para que venhamos lograr êxito na partida”, complementa.

Fotos: Bruno Golembiewski/CNMD