Home Futebol Diante do Avaí, Bruscão tenta dar fim ao jejum contra os grandes

Diante do Avaí, Bruscão tenta dar fim ao jejum contra os grandes

A última vitória ocorreu no dia 13 de fevereiro de 2014, em jogo válido pela sétima rodada do estadual, quando a equipe, ainda comandada por Pingo, venceu o mesmo Avaí que enfrenta este sábado em duelo que foi disputado na Ressacada. Na oportunidade, Ricardo Lobo, de pênalti, e Kiko, marcaram os gols da vitória por 2 a 0. Era o fim de um outro jejum, já que há 16 anos o Brusque não vencia no estádio do Leão.

por Redação
0

Diante do Avaí, a partir das 17h deste sábado (20), o Bruscão tentará dar fim a um triste jejum. Desde 2014, há exatos dois anos e seis dias, a equipe não vence um dos cinco times considerados grandes do futebol catarinense.

A última vitória ocorreu no dia 13 de fevereiro de 2014, em jogo válido pela sétima rodada do estadual, quando a equipe, ainda comandada por Pingo, venceu o mesmo Avaí que enfrenta este sábado em duelo que foi disputado na Ressacada. Na oportunidade, Ricardo Lobo, de pênalti, e Kiko, marcaram os gols da vitória por 2 a 0. Era o fim de um outro jejum, já que há 16 anos o Brusque não vencia no estádio do Leão.

De lá para cá, no entanto, foram só decepções. Foram 9 jogos contra os ditos grandes e o retrospecto é assustador. O time somou apenas 3 pontos de 27 disputados. Foram três empates (ambos em casa) e seis derrotas neste período. O Brusque marcou 6 gols e sofreu 15.

O maior algoz brusquense neste período foi a Chapecoense. O Verdão do Oeste venceu todos os confrontos que fez com o Bruscão desde então. Foram quatro jogos com quatro vitórias para a Chapecoense. Ainda em 2014, a equipe venceu por 2 a 1 na rodada derradeira da primeira fase do estadual, que deixou o Bruscão na disputa do hexagonal da morte. Nesta fase, houve mais duas vitórias para o time de Chapecó: 2 a 1 em Brusque no turno e 2 a 0 na Arena Condá, já no returno. Este ano, o Bruscão voltou a ser superado pelo adversário, em jogo que acabou em 2 a 0 no Augusto Bauer. Na soma dos quatro jogos, o Brusque marcou dois gols e sofreu oito do Verdão do Oeste.

Diante do Avaí, rival deste sábado, o Brusque soma um empate (1 a 1 no Augusto Bauer) e uma derrota (3 a 1 na Ressacada). Ambos os jogos foram válidos pelo hexagonal da morte em 2014. Entre os grandes, o time tem ainda um empate em 1 a 1 com o Joinville, também no Augusto Bauer, em partida disputada ainda pela primeira fase daquela temporada.

Além dos jogos já citados, este ano o Bruscão perdeu para o Figueirense, por 2 a 1, no Orlando Scarpelli, e empatou com o Criciúma em 0 a 0 no Augusto Bauer. Veja abaixo o retrospecto de todos os jogos

Longo jejum – Veja como foi os últimos nove jogos do Bruscão contra os grandes       
22/02/2014Brusque1×1JoinvilleAugusto BauerCatarinense 1ª fase
26/02/2014Chapecoense2×1BrusqueArena CondáCatarinense 1ª fase
16/03/2014Brusque1×1AvaíAugusto BauerHexagonal da morte
19/03/2014Brusque1×2ChapecoenseAugusto BauerHexagonal da morte
23/03/2014Chapecoense2×0BrusqueArena CondáHexagonal da morte
26/03/2014Avaí3×1BrusqueRessacadaHexagonal da morte
31/01/2016Figueirense2×1BrusqueOrlando ScarpelliCatarinense 1ª fase
03/02/2016Brusque0x0CriciúmaAugusto BauerCatarinense 1ª fase
14/02/2016Brusque0x2ChapecoenseAugusto BauerCatarinense 1ª fase