Home Brusque Série brusquenses nas Olímpiadas. Márcio May, o ciclista com três olímpiadas no currículo

Série brusquenses nas Olímpiadas. Márcio May, o ciclista com três olímpiadas no currículo

Ele conquistou também medalhas em duas edições dos jogos Pan-americanos

por Álvaro José
0

O cliclista Márcio May, 49 anos, não é natural de Brusque, mas adotou a cidade e foi na região do Vale que ganhou destaque. Ele nasceu na pequena Salete, no Alto Vale do Itajaí, em 22 de maio de 1972. Em 1988 passou a integrar a equipe da Schlösser, e com isso firmou as raízes em Brusque. A história de Márcio com as Olímpiadas é grande. Ele disputou três edições da maior competição esportiva do planeta: Barcelona em 1992, Atlanta em 1996 e Atenas em 2004.

Márcio fez história nos Jogos Pan-americanos

A ligação do catarinense com a Seleção Brasileira se estendeu por 16 anos. Foram conquistas e medalhas que trouxeram orgulho para o esporte brasileiro.  Nos Jogos Pan-Americanos de Mar del Plata, na Argentina, em 1995, veio o bronze. Márcio ficou com o pódio na prova de revezamento 4X4OOO em velódromo. Quatro anos mais tarde o ciclista faturou a medalha de bronze na prova de contra-relógio individual dos Jogos Pan-Americanos de Winnipeg, no Canadá, em 1999.  

Inúmeros títulos fizeram parte da carreira do atleta

Entre outros títulos conquistados por Márcio estão o Pan-americano de estrada em 1996 na Venezuela e o Sul-americano de contra-relógio. Ele também é o maior vencedor da Volta de Santa Catarina, que é a principal competição por etapas do país. Foram quatro títulos, em 1996, 1997, 2002 e 2005. Márcio traz consigo várias outras conquistas, tais como: Bicampeão da prova 9 de julho em 1992 e 1995; 4 vezes campeão do ranking brasileiro em 1999, 2003, 2004 e 2005; Bicampeão da Volta de Goiás em 2003 e 2006; Campeão da Volta do Paraná em 2006; Bicampeão da Volta do Rio de Janeiro em 2002 e 2004; Campeão da Volta do Litoral do Paraná em 2003.

Em 1997, Márcio May foi eleito o melhor ciclista do Brasil pela Associação Brasileira da Indústria, Comércio, Importação e Exportação de Bicicletas, Peças e Acessórios – ABRADIBI. O ciclista conquistou, pelo município de Brusque, uma medalha de ouro e uma de bronze nos Jogos Abertos de Santa Catarina – JASC, em 1990, determinante para a conquista do 2º Título de Campeão Geral do Ciclismo para Brusque.

Equipes pelas quais Márcio passou

Márcio defendeu as principais equipes brasileiras. Memorial de Santos e a Caloi, ambas de São Paulo são algumas. Em 2005 passou a integrar a equipe Scott de São José dos Campos. Por lá encerrou a carreira no dia 6 de janeiro ano de 2008 na Copa América de Ciclismo, na cidade do Rio de Janeiro.