Home Artes Marciais Artes Marciais Mistas (MMA): Homem sem história

Artes Marciais Mistas (MMA): Homem sem história

Tivemos diversos campeões mundiais de jiu-jitsu em Brusque, e nunca se falou nada sobre o tema, como também temos atletas e títulos importantes na área do judô, muay-thai, boxe, kung fu, karatê, enfim, sobre várias artes marciais em nossa região e nada se contou até o presente momento.

por Redação
0

Com grande satisfação, iniciamos uma nova fase no mundo esportivo na cidade de Brusque e região. Também com grande responsabilidade dentro do complexo campo das artes marciais.

Visualizamos notícias sobre artes marciais mistas pelo Brasil e pelo mundo, o que é, por demais, interessante. No entanto, além de trazer notícias sobre o tema de outros lugares, esta coluna visa contar a história da nossa região.

Desde que cheguei à cidade de Brusque em 2005, ouço muitas histórias. Com certeza, essas histórias devem ser registradas, senão perdemos e muito. Como é uma história relativamente recente, devemos ir a fundo o mais breve possível para que não se perca.

Primeiro nome que todos os amantes das artes marciais relatam em Brusque é do Mestre Valter Gomes (Nova União), que formou vários faixas preta de Jiu Jitsu no município de Brusque, dentre eles, Rodrigo Moresco da Silva, Alisson Zanon (Billy), Alessandro Weber, Walter Telles, Rafael Oscar Risch, dentre outros. Esta semana ouvi falar sobre um professor de Judô tradicional e “das antigas”, Teixeira, pelo que me recordo.

Tivemos diversos campeões mundiais de jiu-jitsu em Brusque, e nunca se falou nada sobre o tema, como também temos atletas e títulos importantes na área do judô, muay-thai, boxe, kung fu, karatê, enfim, sobre várias artes marciais em nossa região e nada se contou até o presente momento.

Por isso, esta coluna conta com a colaboração de todos os profissionais que foram citados e de todos os leitores para que possamos contar também um pouco da nossa história. Brusque e região tem crescido no campo das artes marciais, muitas equipes tem buscado seu espaço.

Por isso, devemos nos entregar aos preceitos de valores, disciplina e princípios das artes marciais, deixando de lado as pequenas rixas e rivalidades, contando a nossa história. Conto sinceramente com a colaboração de todos. “Um homem sem história é como um livro sem letras” (Augusto Cury).