Home Brusque Dia de decisão: Brusque e Joinville duelam por vaga nas semifinais

Dia de decisão: Brusque e Joinville duelam por vaga nas semifinais

Equipes se enfrentam às 19h no Gigantinho

por Álvaro José
0

Chegou a hora de Brusque e Joinville definirem quem segue na luta pelo título Estadual de 2021.

A partir das 19h, Marreco e Coelho se enfrentam no estádio Augusto Bauer. Somente um deles seguirá em busca de fazer história na competição. O JEC na tentativa de voltar a levantar uma taça estadual que não vê há 20 anos. Já o Bruscão amarga um jejum ainda maior. Há 29 anos o time levantou seu primeiro e único título Estadual.

Cenário da partida

No primeiro jogo, um empate em 2 a 2, no apagar das luzes, deixou o Brusque em vantagem. Agora, o time da casa só precisa de um novo resultado de igualdade para voltar a eliminar o rival, assim como já ocorreu em 2020. Para o Joinville, só a vitória interessa. O classificado do confronto enfrenta o vencedor do duelo entre Avaí e Próspera, que jogam as 20h30 na Ressacada. No primeiro jogo, o time da capital venceu por 1 a 0 e agora pode perder por um gol de diferença que mesmo assim avança às semifinais.

Preparação

O time brusquense encerrou a preparação para a partida com um treino no Gigantinho na tarde de terça-feira (27). Assim como no primeiro confronto, o técnico Jerson Testoni fez mistério e não divulgou a lista de jogadores no departamento médico, tampouco os relacionados. Porém o Marreco deve contar com força máxima para o jogão dessa noite.

Jersinho confiante

Ciente das estratégias que o adversário deve adotar, Jersinho ressalta a confiança na equipe. “Sabemos das dificuldades do jogo, pela equipe competitiva que é o Joinville. Eles fizeram um grande jogo na partida de ida, mas estamos preparados”, comenta.

O técnico destaca as atuações do Marreco no Gigantinho como fator decisivo para o confronto. “Nossa equipe é experiente e quando jogamos no nosso estádio temos muita força. Tenho certeza que vamos fazer um grande jogo. Um jogo forte, impor nosso ritmo e buscar essa classificação”, completa.

Ouça o áudio completo do Jersinho sobre o jogo.

“Nossa equipe é experiente e quando jogamos no nosso estádio temos muita força”

Jerson Testoni técnico do Brusque

O adversário

O oponente do Brusque vive um momento ruim. O Joinville está há oito jogos sem vencer e ainda foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Já faz um mês que o time do Norte não sabe o que é comemorar uma vitória. O último triunfo do Coelho foi no dia 28 de março: 1 a 0 sobre o agora rebaixado Criciúma.

Para o duelo dessa quarta, o JEC conta com o retorno do volante Lucas Góes, que se recuperou da Covid-19. Além dele, o lateral Helerson e o zagueiro Fernando, suspensos no jogo de ida, devem retornar à equipe.

Time do Norte do estado não vence há um mês. Foto: Vitor Forcellini/JEC

Novo comando no Joinville

A fase ruim tricolor forçou a demissão do técnico Vinícius Eutropio. Para a vaga, o time contratou Leandro Zago, além de Miguel Angelo Carrenho Pila como auxiliar e Rodrigo Poletto como preparador físico. Zago, que era treinador do Sub-20 e também da equipe Sub-17, comandou o Atlético Mineiro em três partidas na temporada passada.

Porém, o novo treinador ainda não estará a beira do gramado para o jogo no Augusto Bauer. Assim como no último domingo, o JEC vai para o confronto sob o comando do ex-volante Elizeu.

De olho no apito

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) escalou o árbitro Rodrigo D’Alonso Ferreira para a partida. Ele terá como assistentes Henrique Neu Ribeiro e Alexandre Bittencourt. Rodrigo teve atuações contestadas na primeira fase do estadual. A Federação puniu o árbitro com alguns jogos, agora ele retorna para a decisão no Augusto Bauer.

Após polêmicas na primeira fase Rodrigo D’Alonso está de volta. Foto: Miguel Locatelli/Athletico-PR

Último confronto

O Brusque confirmou a vantagem no domingo (25) ao empatar por 2 a 2 com o JEC. O jogo, na Arena Joinville, não teve boa atuação do Marreco. Mesmo assim o Quadricolor arrancou um empate heroico no fim da partida e com isso pode empatar novamente para seguir a diante. O time do Norte do estado precisa vencer, por qualquer placar, para chegar às semifinais da competição.

Brusque empatou no final da partida e manteve a vantagem para o jogo da volta. Fotos: Lucas Gabriel Cardoso/BFC