Home ColunasAndreia Borssatto Coluna de Andreia Borssatto: No dia nacional do vôlei, confira as curiosidades da modalidade e relembre conquistas olímpicas

Coluna de Andreia Borssatto: No dia nacional do vôlei, confira as curiosidades da modalidade e relembre conquistas olímpicas

Brasil possui dez medalhas no voleibol de quadra e treze no de praia

por Andreia Borssatto
0

Em homenagem ao Dia Nacional do Voleibol no Brasil, comemorado em 27 de junho, hoje lhes apresento fatos relacionados ao voleibol brasileiro na história dos Jogos Olímpicos da Era Moderna.

Criado nos Estados Unidos em 1895, pelo americano William G. Morgan, então diretor de Educação Física da Associação Cristã de Moços (ACM), foi batizado inicialmente como mintonette. A ideia foi criar um esporte com pouco impacto e contato físico entre os adversários, para principalmente, evitar lesões.

O esporte chegou no Brasil na década de 1910 e o primeiro público a praticá-lo aqui foi o feminino. Mas não demorou muito para ser praticado também pelos rapazes e se popularizar.

Atualmente o voleibol é o segundo esporte mais popular no Brasil, sendo muito praticado em escolas, clubes e praias. Tem equipes bem estruturadas pelo país que incentivam a prática da modalidade, participam de campeonatos nacionais e revelam os grandes jogadores que representam o Brasil nas seleções feminina e masculina.

Em relação as participações das equipes brasileiras nos Jogos Olímpicos, o Brasil já conquistou dez medalhas no voleibol de quadra e treze medalhas no vôlei de praia. Veja quais foram e em que edições das Olimpíadas:

Vôlei de quadra:

  • 1984 em Los Angeles – Prata masculino
  • 1992 em Barcelona – Ouro masculino
  • 1996 em Atlanta – Bronze feminino
  • 2000 em Sydney – Bronze feminino
  • 2004 em Atenas– Ouro masculino
  • 2008 em Pequim – Prata masculino e Ouro feminino
  • 2012 em Londres – Prata masculino e Ouro feminino
  • 2016 no Rio de Janeiro – Ouro masculino

Vôlei de praia:

  • 1996 em Atlanta – Ouro e Prata feminino
  • 2000 em Sydney – Prata e Bronze feminino e Prata masculino
  • 2004 em Atenas– Prata feminino e Ouro masculino
  • 2008 em Pequim – Prata e Bronze masculino
  • 2012 em Londres – Bronze feminino e Prata masculino
  • 2016 no Rio de Janeiro – Prata feminino e Ouro masculino

A representação dos brasileiros nas Paralimpíadas, no Vôlei Sentado, começou a ser difundido no Brasil em 2002 e pode ser praticado por pessoas com deficiência física e de locomoção, tem uma história de participação mais recente. Acompanhe abaixo:

  • 2008 em Pequim – 6º  lugar masculino
  • 2012 em Londres – 5º lugar feminino e masculino
  • 2016 no Rio de Janeiro – Bronze feminino

Nessa edição dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, que está a menos de um mês da sua realização, as equipes masculina e feminina de voleibol de quadra já tem vaga garantida, assim como as duplas de vôlei de praia Ágatha e Duda, Ana Patrícia e Rebecca, Alison e Álvaro Filho e Bruno Schmidt e Evandro. No Vôlei Sentado, o Brasil também está muito bem representado com as equipes masculina e feminina, pela trajetória de preparação nos últimos anos, estão confiantes com dois pódios nessa edição.

Foto: Divulgação

Sobre a colunista:

ANDREIA BORSSATTO

Andreia Munalli Pereira Borssatto têm 43 anos e é natural de Rio Negro PR. É Formada em Educação Física pela UFSC e Profissional de Educação Física há 22 anos. Atualmente é professora e coordenadora do Curso de Educação Física da Uniplac e Mestranda do programa Ambiente e Saúde da Uniplac.