Home Grande Florianópolis Itapema tenta minimizar impactos da covid no esporte

Itapema tenta minimizar impactos da covid no esporte

Competições nacionais foram adiadas, mas diretor garante trabalho nos bastidores

por Álvaro José
0

O município de Itapema, no litoral norte catarinense, tenta minimizar os impactos da pandemia sobre o esporte. Competições de nível nacional e internacional foram adiadas. Prejudicados por decretos estaduais, os eventos foram paralisados.  Enquanto isso, a administração municipal se mobiliza para renovar a estrutura esportiva da cidade. O diretor de Esporte do município, o ex-atleta Valdecir Aparecido Ranucci, o Dago, que jogou no Fluminense no fim dos anos 80, explicou, em entrevista a Esporte SC, os desafios enfrentados pelo município.

Prejuízos com o novo decreto
Itapema é uma cidade que respira esporte, ao mesmo tempo, é responsável por sediar muitas competições de âmbito estadual e nacional. Conforme o diretor, muitas delas tiveram que ser remarcadas. Entre estes grandes eventos, que, além de atletas de renome atrai muitas pessoas à cidade, está o Circuito Mundial de Vôlei de Praia, previsto para ocorrer em abril. No dia 21, a cidade litorânea completa 59 anos. “Estamos de mãos atadas”, lamenta Dago, sobre as paralisações.

O diretor destaca ainda, o adiamento da prova de abertura do Brasileiro de Enduro.  O impacto foi grande, pois a cidade já estava mobilizada. O evento, inicialmente, marcado para o fim de fevereiro, pode acontecer ainda este mês. “Muitos participantes já estavam na cidade. Estava tudo preparado e, de repente, com o decreto, teve que ser adiado”, conclui.

Prova de abertura do Brasileiro de Enduro 2021 teve que ser adiada. Foto: Dines Zamai

Reformas estruturais

Enquanto as competições ficam paradas, Dago afirma que a equipe trabalha nos bastidores. “Estamos nos organizando internamente, pois há muito trabalho a ser feito.  Na última semana iniciamos uma força tarefa que visa manutenção. Isso compreende pintura nos campos de futebol, ginásios e demais espaços. Vamos deixar tudo em ordem, pois, quando voltarem as atividades, teremos uma demanda grande”, comenta.

Na última semana iniciamos uma força tarefa que visa manutenção. Isso compreende pintura nos campos de futebol, ginásios e demais espaços. Vamos deixar tudo em ordem, pois, quando voltarem as atividades, teremos uma demanda grande”, Valdecir Aparecido Ranucci, o Dago, diretor de Esportes de Itapema.

O diretor ressalta que hoje o município não tem condições de voltar à normalidade. “São muitos projetos, mas tudo depende da situação da pandemia”, diz. “Estamos organizando as oficinas de escolinhas, nos organizando e estudando a possibilidade de voltar aos poucos. Pretendemos trabalhar com número reduzido, mas tudo depende de decretos, pois mudam com frequência”, finaliza.

Nova equipe
Em Itapema, a pasta de esportes é ligada à Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Desenvolvimento Econômico. A nova direção assumiu em janeiro deste ano, entre os novos nomes está o de Dago. Experiente na área esportiva, o ex-lateral do Fluminense já teve passagem, inclusive, pela Seleção Brasileira.  

A pandemia em Itapema
Até o momento, a cidade de Itapema conta com 488 casos ativos de corona vírus. Desde o início da pandemia, 192 pessoas perderam a vida no município. São 10.556 casos confirmados, sendo que 9.853 foram recuperados. São 11 internações e 12 pessoas na UTI.