Home Joinville e Região Joinvilense vai representar o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio

Joinvilense vai representar o Brasil nas Paralimpíadas de Tóquio

Recordista mundial, Edenilson Floriani vai competir nas provas de lançamento de dardo e arremesso de peso

por Luiz Mendes
0

O joinvilense Edenilson Floriani já está em São Paulo, pronto para embarcar ao Japão e representar o Brasil nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, entre os 24 de agosto e 5 de setembro. Na última segunda-feira (2) ele se apresentou à Seleção Brasileira Paralímpica e no próximo sábado (7) embarca para Hamamatsu, cidade na província japonesa de Shizuoka, a cerca de 250 km de Tóquio. 

Recordista mundial no lançamento de dardo, Edenilson vai competir também na prova de arremesso de peso. A ansiedade para a estreia é grande, comenta o paratleta. “Tenho trabalhado a parte técnica, a preparação física e a concentração, mas a torcida, é claro, vai ser essencial”, ressalta.

Nos primeiros 14 dias, a delegação brasileira de paratletismo vai treinar em Hamamatsu e só então seguirá para a Vila Paralímpica. “As minhas provas devem ocorrer nos dias 30 de agosto e 4 de setembro e o sonho é trazer uma medalha para casa”, destaca Edenilson.

Edenilson garantiu uma vaga nas provas de arremesso de peso e lançamento de dardo depois de participar da seletiva que ocorreu em junho, em São Paulo. Antes mesmo de pisar em solo japonês, já fez história: o atleta de Santa Catarina integra a maior delegação brasileira em Jogos Paralímpicos fora do Brasil.  

De acordo com o Comitê Paralímpico Brasileiro, a delegação do país tem 253 atletas (incluindo guias, goleiros, calheiros e timoneiro), além de comissão técnica, médica e administrativa. Na edição dos Jogos em Londres, em 2012, o Brasil participou com 178 atletas, a maior delegação até então. 

Edenilson Floriani estreou no atletismo em 2016, nos Jogos Paradesportivos de Santa Catarina, onde conquistou três medalhas de ouro. Em 2017 iniciou em competições de alto rendimento organizadas pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. 

Em 2018, na Colômbia, foi classificado internacionalmente e bateu o recorde das Américas no lançamento de dardo classe F42. Em abril deste ano, assinou contrato de patrocínio com a Rôgga. “O esporte revela grandes histórias de força, garra e superação. Todo investimento no esporte é uma oportunidade de mostrar talentos brasileiros para o mundo”, comenta. 

Ex-atleta da modalidade de atletismo, o presidente da Rôgga, Vilson Buss, foi campeão catarinense e brasileiro nos anos 1980 e acompanha com entusiasmo a trajetória de Edenilson. Rôgga destaca que todos estão na torcida pelo paratleta joinvilense.

Foto: Divulgação