Home Futebol Marcílio Dias sofre goleada na estreia da Série D

Marcílio Dias sofre goleada na estreia da Série D

Rubro anil não aproveitou as chances criadas e sucumbiu no Rio Grande do Sul

por Álvaro José
0

Um péssimo começo para o Marinheiro. Aimoré e Marcílio Dias se enfrentaram na tarde deste domingo (06), no Estádio Cristo Rei em São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. A partida válida pela primeira rodada do grupo 8 do Campeonato Brasileiro da Série D terminou com derrota do time itajaiense. Com primeiro tempo movimentado as equipes fizeram um jogo aberto e com muitas chances de gol. Melhor para a equipe gaúcha que goleou o Rubro anil por 4 a 1 e de quebra, assumiu a liderança do grupo. O Marcílio é o lanterna.

Primeiro tempo movimentado e com golaço

A partida começou equilibrada e com boas movimentações de ambas equipes. Logo aos oito minutos Padu fez um golaço para abrir o placar. Após boa jogada pelo lado esquerdo, a defesa do Marcílio só assistiu. O camisa 10 puxou para a perna direita e colocou por cobertura no ângulo do goleiro Victor Hugo. 1 a 0 para o Aimoré. A partir daí o Marcílio Dias ficava com a bola, mas não chegava com efetividade.

 Somente aos 17 minutos o Rubro anil chutou ao gol. Após jogada de Franklin pela direita, Luiz Renam recebeu a bola e mandou com perigo mas para fora. O time da casa subia a marcação e forçava o erro da equipe itajaiense. Aos 32, quase o segundo, Douglas Eskilo chutou da entrada da área a bola passou muito perto assustando Victor Hugo. Aos 40 novamente Eskilo perdeu grande chance, ele recebeu entre os zagueiros, invadiu a área, driblou o goleiro, mas se atrapalhou na hora de finalizar.

A primeira vez que o Rubro anil conseguiu trabalhar a bola na área foi aos 43. David Batista cabeceou para o gol e o goleiro se enrolou com a bola, Franklin na pequena área acertou o travessão e na sobra o arqueiro se recuperou. Final de primeiro tempo: 1 a 0 para os gaúchos.

Marinheiro criou chances no primeiro tmepo mas não conseguiu empatar. Foto: Bruno Golembiewski/CNMD

Marinheiro não reage e afunda na segunda etapa

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira: com muita movimentação. Aos 3 minutos após bola alçada na área, Alessandro derrubou Adriano Klein e o árbitro marcou pênalti.  O veterano Neto Baiano bateu e ampliou o placar. 2 a 0. Aos 8, David Batista cabeceou à queima roupa, dentro da pequena área e o goleiro evitou o gol marcilista.

Aos 15, Wellington que acabara de entrar fez boa jogada e mandou uma bomba de fora da área e o goleiro do Aimoré fez a defesa. O terceiro veio aos 18, após jogada envolvente do ataque gaúcho, a bola sobrou para Bruno Ferreira que rolou no canto direito de Victor Hugo. 3 a 0 para o Índio Capilé.

O jogo continuou com a mesma intensidade após o terceiro gol dos gaúchos. O Marcílio não se entregava e o Aimoré explorava os contra-ataques. E virou goleada. Aos 29 Xandy recebeu a bola de Bruno Ferreira, após falha defensiva e com muita facilidade marcou o quarto. O gol de honra finalmente saiu aos 38 minutos. Após saída errada da defesa gaúcha, David Batista recebeu na área e encheu o pé para descontar. Final em São Leopoldo: Aimoré 4, Marcílio Dias 1.

Com a goleada sofrida o Marcílio Dias é o lanterna do Grupo 8. O Aimoré, por sua vez, é o líder com 3 pontos. Na próxima rodada o Marinheiro recebe o FC Cascavel no domingo (13), às 16h no Gigantão das Avenidas. Já o time gaúcho visita o Joinville no sábado (12), às 15h, na Arena.

Fotos: Bruno Golembiewski/CNMD