Home Corrida Piloto catarinense representa o estado na etapa da Porsche Cup Brasil em São Paulo

Piloto catarinense representa o estado na etapa da Porsche Cup Brasil em São Paulo

André Gaidzinski já conquistou três troféus nas primeiras etapas do ano da competição de automobilismo

por Luiz Mendes
0


Santa Catarina vai estar novamente representada em pista na terceira etapa da Porsche Cup Brasil, que ocorre no próximo final de semana no Autódromo de Interlagos (SP). Depois de garantir três pódios para o estado, na primeira e segunda etapas da competição de automobilismo, André Gaidzinski viaja na próxima quinta-feira (15) para participar deste novo desafio de rodada dupla.

A primeira prova será disputada no sábado (17), às 14h13 e, a segunda, no domingo (18), às 14h10, ambas com 25 minutos mais uma volta. O catarinense disputa a Porsche Cup Brasil desde 2018, na categoria Sport GT3 3.8. “Conquistei o terceiro lugar na última corrida e vou acelerar para manter os resultados. É muito satisfatório estar entre os Top 10”, destaca Gaidzinski, que é patrocinado pelas empresas catarinenses Aurora Alimentos, Orbenk e Teltec Solutions, além da WTC.

André Gaidzinski conquista terceiro lugar na segunda etapa da Porsche Cup Brasil

Com portões fechados ao público e testagem da COVID-19 de todos os participantes, o evento ainda terá ações para a neutralização de carbono. As corridas seguem esta ordem: box aberto, formação do grid, placa de 5 minutos, duas voltas de apresentação seguidas de corrida de 25 minutos mais uma volta. Terão transmissão ao vivo em tv aberta e fechada e também pela internet, pelo YouTube e site F1Mania.

Na última etapa, em Curitiba (PR), chamou a atenção a mensagem que o piloto catarinense André Gaidzinski estampou no seu carro: “Doe Sangue, Doe Vida”. De acordo com o piloto, o objetivo foi dar visibilidade a este ato tão importante, simples, seguro, tranquilo e que ajuda milhares de pessoas.

“Uma única doação de sangue pode salvar várias vidas, por isso é um ato de solidariedade, cidadania e amor. Eu sou doador, inclusive durante a pandemia da COVID-19, e posso garantir que só traz benefícios para os dois lados: quem doa e quem recebe”, ressalta o piloto.

Fotos: Luca Bassani