Home Brusque Público retorna aos estádios para catarinenses e mais 12 clubes na Série B

Público retorna aos estádios para catarinenses e mais 12 clubes na Série B

Presidente do Brusque, Danilo Rezini, fala sobre o assunto

por Matheus Deichmann
0

Em reunião na última sexta-feira (17) se decidiu que, na Série B, os clubes que possuem aval do poder público, podem ter o retorno do público, conforme protocolo sanitário de cada local.

Em Santa Catarina, o retorno de público já foi autorizado, com 30% de lotação máxima permitida. Na Ressacada, em Florianópolis, o Avaí terá até 5340 torcedores, já no Augusto Bauer, que segundo o Presidente Danilo Rezini, será a casa do Brusque em toda a Série B, 1500 pessoas poderão assistir os jogos.

Vale lembrar que, para ter acesso ao estádio, o torcedor deve ter tomado, há pelo menos duas semanas, as duas doses, ou dose única, da vacina contra a Covid-19, como alternativa, um teste negativo (RT-qPCR ou Pesquisa de Antígeno de SARS-Cov-2 por swab) realizado em até 72 horas anteriores ao jogo.

O presidente do Brusque, Danilo Rezini, falou sobre a reunião virtual entre os 20 clubes da Série B, onde se decidiu pelo retorno ao público. “A pauta principal foi o retorno de público aos estádios, e foi definido que vai voltar, a partir do jogo de domingo (24) (Vasco x Cruzeiro). Nós vamos nos organizar para botar o público em campo, dentro das regras”, comentou Danilo Rezini.

“A pauta principal foi o retorno de público aos estádios, e foi definido que vai voltar, a partir do jogo de domingo (24) (Vasco x Cruzeiro). Nós vamos nos organizar para botar o público em campo, dentro das regras”

Danilo rezini, presidente do brusque

Danilo ainda falou sobre a questão do Estádio Augusto Bauer, que não tem a capacidade mínima permitida para a disputa da Série B, em tempos normais. “Quanto ao Estádio Augusto Bauer, evidentemente não foi tocado nesse assunto durante a reunião, mas diante do pré-estabelecido, vamos continuar jogando aqui, pois não é a totalidade do público. Enquanto estiver apenas em percentual, não tenho dúvida nenhuma que o Brusque seguirá mandando seus jogos no Augusto Bauer”, completou Rezini.

“Enquanto estiver apenas em percentual, não tenho dúvida nenhuma que o Brusque seguirá mandando seus jogos no Augusto Bauer”

Danilo rezini, presidente do brusque

Além de Avaí e Brusque, outros 12 clubes possuem autorização para o retorno de torcedores, são eles: Confiança, Cruzeiro, Remo, Coritiba, Goiás, Vila Nova, Londrina, Brasil de Pelotas, Operário, Botafogo, Vasco e Sampaio Corrêa.

Foto: Biblioteca/EsporteSC