Home Campeonato Catarinense Com vantagem no placar, Marcílio Dias enfrenta o Juventus no segundo jogo do mata-mata do Catarinense

Com vantagem no placar, Marcílio Dias enfrenta o Juventus no segundo jogo do mata-mata do Catarinense

Após vencer o primeiro duelo por 1 a 0, Marinheiro decide classificação fora de casa

por Marcelli Silva
0

O Marcílio Dias já viajou para Jaraguá do Sul, onde enfrenta o Juventus, às 19h desta quarta-feira (28), no estádio João Marcatto, em jogo que vale vaga na semifinal do Campeonato Catarinense. O Marinheiro tem vantagem de 1 a 0 no placar depois de vencer a partida de ida das quartas de final, disputada no Gigantão das Avenidas, em Itajaí, no último domingo (25). A equipe encerrou a preparação com treino no campo do Dulcídio Costa na manhã desta terça-feira (27).

O Rubro-anil avança à próxima fase com qualquer empate, com ou sem gols. Vitória simples também confirma a classificação do Marcílio. Se o adversário vencer pelo mesmo placar de 1 a 0, fica com a vaga em virtude da melhor campanha na primeira fase da competição. o Moleque Travesso finalizou o primeiro turno em quarto lugar, enquanto o Marinheiro ficou com a quinta colocação.

Depois da vitória em Itajaí, o treinador Carlos Alberto “Teco” já projetou a segunda partida. “Temos que saber que o Marcílio é forte, está vivo, e conseguimos reverter a vantagem da equipe adversária”, ressalta. A expectativa do técnico é por um bom jogo. “A postura é como tem sido durante todo o campeonato. Todas as partidas buscamos sempre marcar na frente, na parte ofensiva, jogar com a posse de bola e criar oportunidades de gol”, destaca.

“A postura é como tem sido durante todo o campeonato. Todas as partidas buscamos sempre marcar na frente, na parte ofensiva, jogar com a posse de bola e criar oportunidades de gol” Teco, técnico do Marcílio Dias.

Já o atacante Nathan Ferreira, que vem atuando como meia, também comenta sobre a decisão contra o Juventus. “Venho me cobrando desde quando cheguei, vendo o peso desse clube. Envolve muitas coisas, classificação para a Série D, carreira individual de cada atleta, fazer história dentro do Marcílio. Batemos na trave na Série D, na Copinha, e temos uma nova oportunidade de ir lá, sabendo da dificuldade que vamos enfrentar, mas sabendo também da nossa capacidade”, afirma.

O camisa 7 do Marinheiro garantiu que a equipe, mesmo tendo a vantagem, joga para conseguir mais um bom resultado em campo no estádio João Marcatto. “A gente não pode se aproveitar dessa pequena vantagem, temos que ir com muita concentração e vontade. Não pode ter bola perdida, são os detalhes que vão decidir”, complementa.

Fotos:Bruno Golembiewski/CNMD