Home Campeonato Catarinense Tapetão: Hercílio Luz nega escalação irregular

Tapetão: Hercílio Luz nega escalação irregular

Diretor jurídico do Leão do Sul afirma que não houve irregularidade na escalação do lateral direito Alisson Moreira

por Luiz Mendes
0

Em entrevista coletiva, o diretor jurídico do Hercílio Luz, Marcus Acorsi, afirmou não houve erro na escalação do atleta Alisson Machado Moreira, lateral direito da base do Leão do Sul, de acordo com a interpretação do clube. O Hercílio Luz foi denunciado por irregularidade na noite da última quinta-feira (29) por meio da Federação Catarinense de Futebol (FCF). A coletiva do diretor jurídico ocorreu na manhã desta sexta (30), em modo virtual e aberta para a imprensa do estado.

Entenda o caso
A Federação Catarinense suspendeu a partida entre Marcílio Dias e Chapecoense em virtude de uma denúncia de jogador irregular na primeira fase da competição. Marinheiro e Verdão do Oeste se enfrentariam neste domingo (2).

A denúncia em questão trata-se do defensor Alisson, do Hercílio Luz. O jogador foi expulso na final da Série B do ano passado e não cumpriu a suspensão automática no duelo contra o Brusque. O jogo foi disputado em 10 de abril no estádio Augusto Bauer.

>>Leia mais em: Campeonato Catarinense pode ser paralisado no tapetão

Lateral direito do Hercílio Luz, Alisson Machado Moreira – Foto: Divulgação Hercílio Luz

Segundo Acorsi, o clube está totalmente ciente do que fez e irá provar que não tem irregularidade na escalação do jogador. “Vamos buscar provar isso na terça-feira. Ficamos tranquilo e sabemos de todo controle que temos dentro do clube, não só na parte jurídica, mas também no futebol”, ressalta.

O diretor jurídico ainda destaca que erros como esse não podem ser admitidos no futebol. “Sabemos que erros como esse não podem acontecer em um clube de futebol. A partir do momento que escalamos o atleta, estávamos embasados em algo e é isso que vamos mostrar no julgamento” complementa.

O clube afirma que o departamento jurídico, advogados e o departamento de futebol estão reunidos analisando o processo e elaborando a defesa. O julgamento está marcado para a próxima terça-feira (4), a partir das 19 horas, de forma online.

Confira a entrevista com o diretor jurídico do Hercílio Luz, Marcus Acorsi: